EnglishPortugueseSpanish

37ª Festa de Iemanjá homenageia fundadores e recebe mais de 5 mil pessoas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

A 37ª Festa de Iemanjá de Caraguatatuba, realizada no último sábado (11), na Praia do Centro, recebeu cerca de 5 mil pessoas entre casas participantes, agregados e visitantes. Ela também marcou uma homenagem especial para os fundadores da festa que nasceu em 1983.

#PraCegoVer: Prefeito Aguilar Junior e vice-prefeito José Ernesto estão ao lado de homenageados (Foto: Luís Gava/PMC)

A abertura da festa contou com a apresentação do Grupo Odé da Mata, depois a apresentação dos Ogās Ruan Caires, do Templo Escola Fraternidade e Luz de Caraguatatuba e Guilherme Correia, da Casa Tucca Caraguatatuba que fizeram o Hino de Abertura.

Com organização da Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Turismo, neste ano, houve uma homenagem para seu Milton Balbino, 80 anos, avô de 67 netos, um dos idealizadores da festa junto com seu Francisco D’ Onofrio e Pedro Luiz Corrêa, ambos in memorian.

Danila D’Onofrio representou o bisavô, que fez a doação da atual imagem, e Solange Corrêa, seu esposo que foi festeiro durante anos da festa. Todos receberam das mãos do prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior uma réplica da imagem de Iemanjá, confeccionada pelo artesão Fábio Abreu, servidor público e integrante da Feira de Arte e Artesanato de Caraguatatuba.

#PraCegoVer: Devotos de Iemanjá carregam barco com imagem em direção ao mar (Foto: Luís Gava/PMC)

Representante da Casa Esmeralda, Cristiane Tirado, destacou que a Umbanda louva a gratidão. “Estou aqui em nome de todas e em apoio ao nosso prefeito porque ele é maravilhoso. Nunca vi um prefeito de outra religião com tanta bondade para com a nossa religião, visitando casa por casa como ele sempre faz”.

O prefeito Aguilar Junior destacou a importância da presença de Seu Milton. “Eu tive a oportunidade de fazer a abertura em outros anos e ver o senhor aqui com a gente, só nos cabe buscar cada vez o melhor”.

Ele ainda reforçou o quando gosta de apoiar esta festa e todas de Caraguá das mais diversas religiões. “Confesso que eu estava com saudade porque ano passado estávamos no auge da pandemia da Covid e retornar esse ano, com essa quantidade de gente, e em um momento tão especial que é de retomada das atividades, do turismo, das pessoas poderem se confraternizar com todos os protocolos sanitários, é gratificante. Vamos continuar tendo bom senso e equilibro”.

Neste ano, estiveram presentes de 44 Casas de cidade como São José dos Campos, Mogi das Cruzes, São Paulo, Campinas, Caçapava, Itatiba, Serra Negra, Ubatuba, Jacareí e mais seis de Caraguatatuba.

Veja as últimas notícias