EnglishPortugueseSpanish

Prefeitura inicia obras de revitalização da trilha de acesso e do farol do Morro da Prainha

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Obras, deu início às obras de revitalização da trilha de acesso e do farol do Morro da Prainha. O acesso ao farol é existente, mas é precário e impossibilita a visita de pessoas.

As obras serão executadas pela empresa Hebrom Construções – LTDA e têm prazo de 24 meses para serem concluídas. O investimento total é de R$ 4.182.674,74. As despesas com as obras são dividas entre o convênio com o Departamento de Apoio e Desenvolvimento às Estâncias Turísticas (Dadetur) e o município.

#PraCegoVer: Imagem mostra o projeto do farol do Morro da Prainha (Foto: Divulgação/PMC)

Com um projeto moderno, futurista e sofisticado, a construção do farol e os serviços de melhoria da trilha visam criar mais um atrativo turístico para a cidade.

Para ter acesso ao farol, o visitante contará com uma escadaria metálica com cinco patamares. Pensando na acessibilidade, o projeto ainda inclui a implantação de elevador acessível inclinado.

A estrutura onde será instalado o farol terá cerca de 20 metros de altura. Ela contará com uma área exclusiva para a administração (recepção e almoxarifado) e banheiros.

Um espaço para exposição também será construído, já que há um projeto de inclusão do Centro de Exposições que contará a história dos faróis do Estado de São Paulo.

Chegar ao topo do farol não será difícil. O visitante terá à disposição uma escada e um elevador. Também serão instalados guarda-corpos com corrimão e em toda a estrutura para garantir a segurança dos visitantes.

Uma parte do piso interno será feita de porcelanato e a outra de concreto polido. Toda a cobertura do novo atrativo turístico será metálica.

Para o paisagismo, ao redor do farol serão utilizados dois tipos de planta. Uma delas é a ave-do-paraíso (ou estrelícia), conhecida pela sua característica exótica de cores vivas. Outra planta a ser utilizada é a alpínia. De fácil cultivo, ela é bem harmoniosa na composição com outras espécies, mas não deixa de ser expressiva na paisagem.

Veja as últimas notícias